Temporada do Cine PUC trará filmes de diversas partes do mundo

O longa “Donnie Darko”, dirigido pelo americano Richard Kelly, foi o filme escolhido para abrir a temporada do Cine PUC deste semestre. Nos próximos meses, as sessões, organizadas pelo Centro de Experimentação em Imagem e Som (Ceis), abordarão a temática “Territorialidades no Cinema”. As exibições acontecerão sempre na sala Multimeios do prédio 13, nas terças-feiras, às 19h, seguidas por comentários de convidados, professores e alunos.

“Donnie Darko”, lançado em 2001, recebeu diversos prêmios. De acordo com Nathália Cioffi, monitora do Ceis, o filme foi selecionado por retratar, de forma inovadora, o cotidiano da juventude norte-americana. Segundo Fábio de Carvalho, também monitor do Centro, a temática “Territorialidades” visa conhecer a relação do cinema com diferentes espacialidades. “Não temos a pretensão de falar de todas as identidades, mas queremos explorar as multiplicidades da linguagem cinematográfica”, contou o estudante.

O Cine PUC também exibirá os filmes “Martírio” (Vincent Carelli), “Tio Boonme, Que Pode Recordar Suas Vidas Passadas”(Apichatpong Weerasethakul), “A Cidade é uma só” (Adirley Queirós), “Ossos” (Pedro Costa), “A Cidade Onde Envelheço” (Marília Rocha) e “Close Up” (Abbas Kiorostami).

Para Beth Miranda, coordenadora do Ceis, o tema se relaciona com assuntos em voga na sociedade, como a imigração e as diferenças identitárias. “A ideia é trabalhar a figura do outro. Esse outro que pode estar no Irã, na França ou até mesmo aqui do lado”, avaliou. Além das temáticas, aspectos técnicos e estéticos dos filmes também serão investigados.

OUTRAS EDIÇÕES
O Cine PUC já tratou de diversas temáticas, como o Cine- ma Noir e a questão da representatividade feminina. Na última edição, a abordagem foi o papel da trilha sonora na construção do sentido no cinema.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *