Cinismo, ironia e entretenimento em análise

Ex-aluna da Comunicação, Julia Lery lançou livro pela editora PUC Minas

Falei como um palhaço, mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria”. A frase de Charlie Chaplin foi escolhida para a epígrafe do livro “(Não) é só uma piada”, escrito por Julia Lery, ex-aluna de Jornalismo do Treze e atual professora da UFOP. A obra, lançada semana passada pela editora PUC Minas, é a dissertação de mestrado de Lery, que investigou o cinismo e o entretenimento nos programas “Agora é Tarde” e “The Noite”, com orientação do professor Marcio Serelle.

O livro é a dissertação de mestrado da autora e foi lançado com financiamento da FAPEMIG Crédito: Letícia Mattos // Lab Foto

Analisando os dois programas e seus respectivos apresentadores, Rafinha Bastos e Danilo Gentili, a autora discorre sobre como o humor é um mecanismo que pode reforçar preconceitos e estereótipos excludentes. “O tom cômico traz a especificidade da blindagem ideológica sob o discurso de ‘isso é só uma piada’, e foi isso que tentei abordar no livro”, disse. Lery também pontua que a cultura midiática cínica está presente em produtos de gêneros diversos. “Quando a Globo afirmava em uma vinheta que ‘Cidadania: a gente vê por aqui ’e logo em seguida exibia um programa que incitava justiçamentos, como era o caso do Linha Direta, temos um bom exemplo da forma como os aparentes paradoxos são neutralizados na programação televisiva”, afirmou.

Fazendo um paralelo entre Bastos e Gentili, a autora aponta várias semelhanças. “O hibridismo entre humor e atualidades, questão central para o livro, é ponto comum, assim como a blindagem ideológica dos discursos sob o rótulo de piada. A inconstância dos posicionamentos dos apresentadores também”. Em relação às diferenças entre os dois, ela afirma que Rafinha Bastos é mais irônico, enquanto as piadas de Gentili recorrem à sátiras mais explícitas. No livro, Lery utiliza diversos trechos dos programas estudados para ilustrar seu estudo. No decorrer da análise, a autora aborda e aprofunda em diversos conceitos, como os de sensacionalismo, humor, sátira, ideologia e crítica.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *